12 de mai de 2008



Gente, tô puta que eu fraquejei e comi um brigadeiro e vim desabafar com a comunidade. O MUNDO (indeed) sabe que o Ronaldinho promoveu a vida dos travestis com esse bafón todo.
Aí ele começou a perder contratos e reputação (naonde!) e viu que precisava de uma volta por cima. Eis que surge um CASE para ser trabalhado e estudado.

Passo #1: conceder uma entrevista para o Fantástico, teor emocional sob controle. Começou bem que já foi direto pro Fantástico, exemplo de entrevistas polêmicas. Boninho AMA a menina Isabella. Dou um brigadeiro pra quem souber o porquê.

Passo #2: pagar mais de R$ 50 mil reais para os travecos recontarem a história. Pronto, Andréa, você não precisa mais fazer alôca e nem comprar carnê do Baú.

Passo #3: engravidar a namorada. No auge do dia das mães, faltando um mês para o dia dos namorados e desenvolver a emoção no povo: aiquelindo, um bebê. oooon.


Dou TRÊS MESES para a namorada sentir dores e o Ronaldinho recapitalizar a grana perdida.

Enquanto isso não acontece, a gente "relaxa e goza", que é o que fez toda essa história do Ronaldinho começar anywayS. Beijomeliga.