9 de mar de 2008

Surgindo das trevas


E aí que o cantô Maurício Manieri tava precisando aparecer na mídia, arrumar uns trocados e tal, então arrumou uma noiva judia (muita grana, maçonaria, chag sameach...) pra aparecer nas colunas sociais e tal, um jogo justo, né? Afinal, ser artista é padecer mas aparecer. Aí tá que eles vão casar e já virou bafafá na mídia (aqueola que trata de colunas sociais e artistas secundários... Amaury vai, certeza) então resolveram adiantar como vai ser o marriage.

"... haverá um chazan (eu corrigi, lê-se HAZAN, mas escreve-se chazan) - um judeu que canta na cerimônia judaica e dá as sete bênçãos - e um pastor abençoando a união do casal, no Espaço Único, em São Paulo, onde, em seguida, ocorre a recepção para familiares e alguns amigos."

Então será uma cerimônia ecumênica, já que a Iza Stein (sim, a noiva e tal, é filha de um cantor judeu que chama Gilbert - não Gil - e ele até deve ser conhecido, mas eu nem sei quem é) não exigiu a conversão do marido e nem ele exigiu a dela. Shalom adonai.

"A mesa de doces será espetacular. Recheada de surpresas deliciosas, contará com alguns doces polvilhados com ouro (quem que pagou??). Já as lembrancinhas, chegam com os famosos bem casados que terão um presente dos noivos a cada convidado, em cima de cada iguaria."

Nem vou contar que o noivo vai cantar (jura??) e o pai da noiva (sério??) e blá blá blá.... na real, logo aparece um bebê pra sair na capa da Caras e tal, depois crise no casamento e separação. Alguém duvida???


2 comentários:

Rea disse...

haha, nunca mais ouvi desta pessoa desde que a música que ele gemia "uh uh uh baby, eu ontem tive um sonho, sonhava que você-ê-ê.." sumiu das paradas da rádio CIDADE.

renatitagirl disse...

nossa deixa o casalzinho ser feliz, conheço o manieri, e ele está muito feliz, oxi!!