27 de mar de 2008

Quando a Preta Gil processa o "Pânico" e ganha R$ 50 mil a cada vez que eles "perseguem" a atriz/cantora/filha-do-ministro, isso significa que:

1) Ela não tá vendendo muito CD.

2) Ela não tem jogo de CINTURA (hehehe).



Agora, celebrities estão tooodas me decepcionando.
Porque a Carol Dickmann (?), por exemplo, processou o Pânico e eles não podem falar dela. Mas até aí tudo bem, porque a amiga Carol tem mesmo cara de chata, apesar de eu adorá-la, e esse comportamento é aceitável da parte dela.

Agora a Preta, Preta Preta Pretinha, que eu queria ser amiga, acho louca, acho fina (tsc), acho digna, acho um arraso na buatchy, fazer isso, é decepção.

Tipo, Preta-você-é-gorda. NAONDE é perseguição eles falarem isso?
Alémdomais, eu acho que essa discussão sou-gorda-pego-geral-etc é o melhor marketing que ela tem. MAS... melhor eu fazer a linha CQC do que fazer defesa do Pânico, néam, gente?

Um comentário:

Gabbis disse...

gente, a Preta tá numa fase down e quer distancia da verdade do espelho da branca de neve.